19 كانون2 2018

O índice que mede a Intenção de Consumo das Famílias (ICF) alcançou 92,3 pontos em janeiro deste ano, um resultado 6,2% maior que o do mesmo período do ano passado. Os dados são da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), apurados em parceria com a Fecomércio Tocantins.

“Apesar de ainda estar na zona de indiferença, ou seja, abaixo de 100 pontos, há uma tendência de estabilidade, se analisarmos os últimos resultados da pesquisa”, comentou o presidente do Sistema Fecomércio Tocantins, Itelvino Pisoni.

A pesquisa mostra que 70,6% dos consumidores se sentem mais seguros nos empregos e 39,1% acreditam em melhorias profissionais. A renda de 48,7% está melhor em janeiro, mas 75,5% afirmam que ainda está difícil conseguir crédito.

Entre os subíndices analisados, o que trata da perspectiva de consumo apresentou a maior queda: 5,5% na comparação mensal. Nesta questão, 45,3% dos entrevistados afirmaram que devem comprar menos nos próximos meses. Já o que expôs maior aumento, foi o referente à compra de bens duráveis, com crescimento de 3,9%.

Para acessar a pesquisa completa, acesse http://institutofecomercioto.com.br/pesquisas.

17 كانون2 2018

 

Pela segunda vez esta semana, o Ibovespa, principal indicador de desempenho das ações negociadas na B3 (antiga BM&F), bateu recorde, alcançando 79.831 pontos hoje (16). Isso representou alta de 0,10% em relação ao pregão de segunda-feira (15), quando chegou aos 79.752 pontos. Durante o pregão de hoje, o índice chegou a alcançar o patamar inédito de 80 mil pontos.

Até então, o maior recorde havia sido registrado no dia 8 de janeiro, quando a pontuação do Ibovespa atingiu 79.378 pontos. Desde o dia 2 de janeiro, o indicador vem batendo sua marca histórica.

Recorde

O pregão de hoje chegou a registrar o patamar inédito de 80 mil pontos, mas fechou o dia a 79.831 pontos. Por meio de sua conta no Twitter, o presidente da República Michel Temer comemorou o resultado: “Muito me alegra o resultado da Bovespa, que ultrapassou hoje o patamar inédito de 80 mil pontos. O recorde significa valorização das nossas empresas, que, com a inflação baixa, podem investir mais e gerar emprego e renda para o País”, disse o presidente na rede social.

 

17 كانون2 2018

Os produtores rurais tocantinenses terão que fazer o recadastramento obrigatório para atualização de dados pessoais e da propriedade rural em 120 dias, contados a partir da publicação da Instrução Normativa (IN) nº 001, do dia 10 de janeiro de 2018. A medida faz parte das estratégias para retirada da vacinação contra febre aftosa, previstas no plano nacional do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). O Tocantins, conta com aproximadamente 78.692 propriedades rurais.

A regularização dos dados servirá para que a Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) tenha um panorama real da atualidade, uma vez que há produtores que deixaram a atividade e não comunicaram a Agência ou até mesmo aqueles que faleceram e a família não deu baixa na ficha. “A atualização cadastral visa ainda à melhoria das ações de defesa agropecuária, com o aperfeiçoamento do sistema, agilidade nas atividades, segurança e mais eficiência”, avalia a presidente em exercício da Adapec, Márcia Helena da Fonseca.

As novas normas também exigem que o produtor, ao encerrar a atividade, comunique a Adapec. "É uma forma de evitarmos fraudes e deixarmos o Sistema Informatizado de Defesa Agropecuária do Estado do Tocantins [Sidato] atualizado”, disse a gerente de avaliação, controle e fiscalização animal da Agência, Laudicéia Teles, acrescentando que outra novidade diz respeito ao cadastro de novas propriedades, que a partir do momento da sua solicitação, serão visitadas pela Agência no prazo de 15 dias, para ser checado a veracidade das informações prestadas, para então ser efetivado o cadastro.

Para efetuar o recadastramento, o produtor deve procurar a Agência, onde a propriedade rural está localizada, munido da documentação pessoal e a do imóvel. O criador que não o fizer terá sua ficha bloqueada para movimentação de qualquer espécie animal e finalidade, até a regularização.

A relação da documentação necessária está disponível nos escritórios da Adapec ou pelo site www.adapec.to.gov.br. Para obter mais informações, o produtor também pode ligar para o número 0800 63 11 22.

17 كانون2 2018

O Procon no Tocantins pesquisou preços de 106 itens nas papelarias da capital que constam nas listas de materiais escolares, entre os dias 10, 11 e 12 de janeiro deste ano. A pesquisa, realizada em seis estabelecimentos comerciais, encontrou variação de até 243,75% nos valores. Entre os produtos pesquisados estão canetas hidrográficas, apontadores, borrachas, cadernos, colas em bastão e líquida, giz de cera, lápis preto e lapiseiras, marca texto, massas de modelar, réguas, tesouras, corretivos, papel, pincel e tinta.

O item que atingiu maior variação de preços foi a régua plástica cristal 30 cm, que chega a variar 243,75%, vendida entre R$ 0,48 e R$ 1,65. Em segundo lugar, vem o apontador de lápis com depósito, com variação de 210,81%, vendido entre R$ 0,74 e R$ 2,30. A tinta guache 15 ml, 12 cores, com variação de 172,58%, comercializada entre R$ 2,99 e R$ 8,15, ocupa o terceiro lugar.

De acordo com a gerência de fiscalização do Procon, essa pesquisa tem como objetivo fornecer ao consumidor uma amostra das diferenças de preços que ele pode encontrar no mercado de material escolar e, dessa forma, incentivar o consumidor a adquirir o hábito de pesquisar antes de efetuar a compra de qualquer produto. “Vale lembrar aos pais que na lista de material escolar, as instituições de ensino não podem exigir a aquisição de material de uso coletivo, conforme determinação da lei 12.886 de 2013”, ressaltou o gerente de fiscalização do Procon, Magno Silva.

A diretora da Instituição, Thaissa Miranda Ribeiro, reforça aos consumidores que o Procon está atento para averiguar toda e qualquer irregularidade percebida durante a aquisição dos materiais escolares como também na aquisição de bens e serviços. “O consumidor pode entrar em contato por meio do Procon 151 para que possamos verificar a demanda e assim atendermos de acordo com o respaldo legal”, observou.

Orientações ao consumidor

• Antes da compra, verifique quais os produtos da lista que você já possui em casa que estejam em bom estado e que possam ser reutilizados. A compra em conjunto pode facilitar as negociações;

• Evite comprar materiais com personagens, logotipos e acessórios licenciados, porque geralmente os preços são mais elevados;

• Outra dica é promover e participar da troca de livros didáticos entre alunos que cursam séries diferentes;

• Desde fevereiro de 2015, alguns produtos como apontadores, borrachas, canetas hidrográficas e esferográficas, dentre outros, só podem ser comercializados com o selo do INMETRO.

A pesquisa completa pode ser encontrada no site do Procon (www.procon.to.gov.br)

الصفحة 1 من 18

Dictionary:

We use cookies to improve our website. By continuing to use this website, you are giving consent to cookies being used. More details…