Agricultores aguardam estabilidade das chuvas para iniciar o plantio da Safra 2017/2018

A torcida pelo início da estação chuvosa entre os tocantinenses é grande, porém, maior ainda está entre os agricultores, e a chegada do mês de outubro gera a expectativa das chuvas, de forma geral e de maior volume, que possibilitem o plantio da Safra 2017/2018.

“A estação está iniciando bem. Este ano, as chuvas começaram na última semana de setembro, apesar de que são chuvas regionalizadas, isoladas e pontualizadas”, disse o diretor de Políticas para Agricultura e Agronegócio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária (Seagro), José Américo Vasconcelos. Segundo ele, o ideal são as chuvas “gerais”, pois elas abrangem áreas extensas em todo Estado.

A previsão é de que, a partir do dia 15 de outubro, as chuvas ganhem estabilidade, na intenção de propiciar condições ideais para a agricultura. “Estamos torcendo para que sua distribuição seja favorável ao plantio e sua estabilidade atenda à demanda da germinação até meados de dezembro”, disse.

As principais culturas de grãos no Tocantins são de soja e milho, e a época de plantio compreende os meses de outubro, novembro e meados de dezembro, quando as chuvas são essenciais para garantir o ciclo da germinação das sementes.

Área prevista

O diretor explica que, apesar da produção recorde na safra 2016/2017, com mais de 4,5 milhões de toneladas, em área de 1,3 milhão de hectares, o otimismo do setor é grande para a safra que se inicia, e um dos motivos é a previsão climatológica que favorece o cultivo de grãos. “Em contato com produtores de várias regiões do Estado, a expectativa é que não haja decréscimo, e sim aumento em pelo menos 10%, principalmente se confirmar as previsões meteorológicas”, argumentou José Américo.

Soja

De acordo com informações do 12° Levantamento da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), responsável por 70% da produção de grãos no Tocantins, a soja teve, na Safra 2016/2017, uma área plantada de 964 mil de hectares e uma produção de mais de 2,8 milhões de tonelada.

A expectativa da Cooperativa Agroindustrial do Tocantins (Coapa) é de que cerca de 70 agricultores, associados em 12 municípios da região de Pedro Afonso, devem plantar 38 mil hectares de soja na Safra 2017/2018.

Previsões

Para subsidiar constantemente o produtor rural, desde o planejamento, decisões sobre plantio, entre outros, a Seagro oferece o Portal da Agrometeorologia, acessado por meio do banner no site da Secretaria (www.seagro.to.gov.br) ou no endereço htpp://agrometeorologia.seagro.to.gov.br.  O objetivo é divulgar informações sobre as condições meteorológicas e agrometeorológicas do Tocantins, uma vez que irá auxiliar o processo de planejamento e de tomada de decisão agrícola.

As informações e os produtos disponíveis no Portal são baseados nas informações meteorológicas coletadas nas Estações, gerados pela Gerência de Agrometeorologia da Seagro em parceria com a Universidade Estadual do Tocantins (Unitins). Entre os produtos oferecidos estão: Boletins Agrometeorológicos, a partir de informações de variáveis meteorológicas e agrometeorológicas observadas nos últimos 7 dias (diagnóstico de tempo); previsão do tempo diária, semanal e quinzenal (prognóstico de tempo); e precipitação acumulada (mm) dos últimos 7 dias.

Last modified onSexta, 06 Outubro 2017 18:42

Leave a comment

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.